Home

VOCÊ JÁ OUVIU FALAR NO JAVA PORCO?

Pelo segundo dia consecutivo, estávamos podando as oliveiras das variedades Arbequina e Koroneiki, no nosso olival, que fica nos contra fortes da Serra da Mantiqueira, em Santo Antônio do Pinhal. Realizávamos a poda dos brotos chamados “chupões” e outros galhos que tendem a ir para o centro da copa.

A poda desses brotos e dos galhos, mesmo ainda contendo algumas poucas azeitonas, é jogada no chão para virar adubo. O resultado desta poda é a formação de pilhas de ramos frondosos que ficam espalhados em torno de nossas botas.
– “Veja isso” – apontei para algumas fezes na terra, perto de uma oliveira –“cocô de Javaporco. Será que esses porcos gostam de comer azeitonas?”

O nome é estranho e muitos desconhecem a espécie. Olhando mais atentamente descobrimos muitas pegadas e concluímos que deveriam ser muitos, pois são pegadas de vários tamanhos e profundidades. Quando efetuamos essa poda, a lua estava na fase cheia e as noites estavam muito bonitas.

– “Acho que vieram passear entre as oliveiras, ou então… como o olival está limpo apenas com grama rasteira e fofa, quem sabe mais algumas ninhadas não estão a caminho, para desespero de muitos agricultores.”

Este animal tem causado prejuízos e transtornos aos agricultores. Ele se alimenta de quase tudo, as culturas mais prejudicadas são milho, mandioca, cana de açúcar, inhame, batata doce, e etc. Esse porco é um híbrido, cruzamento de javali com porco doméstico e, portanto, deixa de ser um animal exótico, sendo assim sua caça proibida.

A espécie foi criada para melhorar a qualidade da carne suína, porém, hoje está fora de controle. A falta de predadores naturais e a facilidade de reprodução, geraram uma superpopulação que está provocando um desequilíbrio no ecossistema. Ele se reproduz, com duas a três ninhadas por ano, de 2 a 10 porquinhos por vez.

– “Espero que somente tenham experimentado algumas azeitonas, que por sinal são bem amargas, e que não decidam incluí-las como parte de seu cardápio.”

Essa é só mais uma das preocupações de um olivicultor iniciante!